Drawstring bag - tutorial em português


I already started to sew some Christmas
gifts, from the tutorials that I find
here and there and that I save for later.

As anyone else, I just love
simple sewing, with easy steps,
resulting in nice and simple gifts to
friends, or just for myself...

that can be found in the blog In Color Order is
pecisely one of these simple and effective tutorials.
I guess that I will do a lot of these little bags!

I liked so much of this tutorial that I prepared
a portuguese translation of it, with
photos of my first drawstring bag.



A big thanks to Jeni!

In english, it is here.

*************

Já comecei a costurar algumas prendas
para a família, a partir de tutoriais
que vou encontrando aqui e ali e que
vou guardando.

Como qualquer pessoa, gosto de modelos
simples de costurar, com passos fáceis e
que resultem em presentes simples para
os amigos ou mesmo para mim.

No blog In Color Order encontram-se
vários tutoriais de peças bonitas e fáceis,
sendo um deles o Lined Drawstring
Bag Tutorial. Recomendo a visita
a este tutorial porque tem fotos que
 darão uma grande ajuda na confecção da bolsa.

Mas eu gostei tanto deste tutorial
que preparei uma tradução para português, com
fotos tiradas da confecção da minha primeira bolsa!



Então, cá vai!

- MATERIAIS -


3 fat quarters de tecido
2 metros de fita ou de tecido para as fitas de fechar o saco
Linha a condizer com o tecido
Alfinete de segurança grande
Lápis para marcar tecido


Bainhas a ¼″ (5 mm)


Tamanho da bolsa depois de acabada: 10″ (25 cm) de altura x 7″ (18 cm) de largura


- CORTAR OS TECIDOS –


Parte principal exterior: cortar 2 retângulos de 9″ x 10,5″ (23 cm x 27 cm) ou apenas um retângulo de 17,5″ x 10,5″ (45 cm x 27 cm), se este tecido não tiver motivos direcionais

Parte superior exterior: cortar 2 retângulos de 4″ x 10,5″ (10 cm x 27 cm)


Parte interior: cortar 2 retângulos de 12,5″ x 10,5″ (32 cm x 27 cm)


Para as fitas de fechar: cortar dois pedaços de fita de 32″ (80 cm) ou cortar dois retângulos de tecido de 2″ x 32″ (5 cm x 80 cm)


– MONTAR OS TECIDOS –


Se o tecido principal exterior tiver desenhos que seja necessário orientar numa determinada direção, juntar os dois retângulos na direção desejada, com o direito virado para cima:


Caso o tecido não tiver desenhos que seja necessário acertar, colocar o retângulo único numa mesa, com o direito virado para cima.


Junto a estes, montar os restantes retângulos cortados, da seguinte forma:



Fica assim:


– COSER –


Depois de alinhar todos os retângulos numa tira comprida, começar a coser a partir de uma das pontas, ou seja, primeiro uma parte interior com uma parte superior exterior, depois estes com a parte principal exterior, etc.


Depois de cosida toda a tira de retângulos, passar a ferro, de preferência com as costuras abertas.


Dobrar a tira ao meio, com os direitos para dentro, tendo o cuidado de fazer coincidir todas as pontas.


Colocar alfinetes ao longo dos três lados que não estão cosidos.

No centro do lado oposto ao que está cosido, marcar um espaço de cerca de 3″ (7,5 cm), para depois virar o saco.

 
Ainda, em ambos os lados do saco, no centro da parte superior exterior, marcar um espaço de 1″ (2,5 cm). Esta abertura não será cosida e servirá para passar as fitas de atar.

Para medir este espaço, colocar uma marca a 1,25″ (3 cm) medida a partir de uma das pontas da parte superior exterior e depois colocar outra marca a 2,25” (5,5 cm).



Coser ao longo dos lados ainda abertos, tendo o cuidado de deixar as três aberturas marcadas. Em cada abertura, fazer um pesponto com a máquina, para não desfiar.


Agora, passar a ferro as aberturas com as costuras abertas. Este passo tornará mais fácil a passagem da fita nas aberturas e o coser do fundo do saco.




Para criar o fundo do saco, começar por passar a ferro, do avesso, os quatro cantos do saco. Usando os dedos, começar por abrir cada canto de forma a fazer coincidir as duas costuras que o formam, obtendo um pequeno triângulo.

Depois, passar a ferro o triângulo e colocar um ou dois alfinetes.


Colocar este triângulo em cima do tapete de corte, sobre um dos ângulos de 90º. A contar do bico do triângulo, medir 1,5” (4 cm) e marcar uma linha perpendicular de 3” (7,5 cm) com um lápis.
 
 
 
Marcar esta linha nos quatro cantos do saco.
 

Coser em cima da linha marcada. Depois de cosidas as quatro linhas, cortar a ponta de cada triângulo, a ¼” (5 mm) de cada costura.


Voltar o saco para o direito, usando a abertura situada no fundo do saco.


Passar de novo a ferro esta abertura e coser com um ponto pequeno, rente à beira da dobra.


Passar o interior do saco para dentro e passar a ferro o topo do saco, para lhe começar a dar forma.




Em cada um dos lados, procurar as aberturas que se deixaram na parte superior exterior. Vamos coser duas linhas à volta do saco, uma acima e outra abaixo destas duas aberturas.
 
Para ajudar a coser direito, marcar uma linha com o lápis, a 1” (2,5 cm) do topo do saco e outra linha a 2” (5 cm) do topo, acertando sempre com o início de cada abertura.
 
 
Por fim, coser por cima das linhas marcadas.
 

O saco está feito!

Agora, passar as fitas por dentro das aberturas, com a ajuda de um alfinete de segurança.


Passar primeiro a fita pela abertura de um dos lados e fazer um nó na ponta.


Depois, fazer o mesmo pela abertura oposta.


Passar a ferro todo o saco e… está feito!!

Comments